Roland Garros é adiado uma semana e 'atropela' época de relva

Roland Garros é adiado uma semana e ‘atropela’ época de relva

Por Bola Amarela - abril 7, 2021
RolandGarros
General view of the tennis court at night during the women’s singles first round tennis match between France’s Alize Cornet and France’s Chloe Paquet on Day 2 of The Roland Garros 2020 French Open tennis tournament in Paris on September 28, 2020. (Photo by Martin BUREAU / AFP) (Photo by MARTIN BUREAU/AFP via Getty Images)

Os receios que vinham a ser alimentados nos últimos dias vão mesmo ser concretizados. Segundo avança o jornal francês ‘L’Équipe’, Roland Garros vai ser adiado por uma semana, passando a ser disputado entre os dias 30 de maio e 13 de junho, quando estava inicialmente previsto entre 23 de maio e 6 de junho.

A decisão, que deverá ser oficializada pela Federação Francesa de Ténis nos próximos dias, está relacionada com as medidas que o Governo gaulês está a levar a cabo para travar a evolução da pandemia de Covid-19. Segundo a mesma fonte, com a competição a arrancar no final de maio e a entrar mais em junho, a ideia é que possa haver público nas bancadas e mais serviços de restauração possam funcionar no torneio. Ou seja, a prova não estava exatamente em risco, mas a vontade é de ter público na assistência.

Quer isto dizer que Roland Garros e Wimbledon passam a ficar separados por apenas duas semanas, restando a dúvida sobre se os torneios em relva previstos para aquela que será a segunda semana do torneio parisiense se vão manter. Em causa estão S’Hertogenbosch e Estugarda, sendo que a nova calendarização faz com que os ATP 500 de Londres e Halle comecem no dia seguinte à final de Roland Garros.

Bola Amarela