Raducanu: «Este ano foi difícil mas tudo acaba por valer a pena»

Raducanu: «Este ano foi difícil mas tudo acaba por valer a pena»

Por Pedro Gonçalo Pinto - junho 28, 2022

Emma Raducanu chegou envolta em dúvidas a Wimbledon, tendo em conta as dificuldades por que tem passado desde que conquistou o US Open de forma sensacional no ano passado. A britânica de 19 anos teve o seu batismo no Court Central e bateu Alison van Uytvanck para somar um triunfo muito importante em termos de confiança.

EXPERIÊNCIA NO COURT CENTRAL

Foi incrível. Era a minha primeira vez no Central. Desde o momento em que passei pela entrada senti a energia e apoio do público, todos me apoiaram desde o primeiro minuto. Tentei saborear cada ponto. Joguei cada ponto como se fosse o meu último encontro neste court. Quando acabei, o meu grito não era de alívio, era de felicidade. Ganhar o teu primeiro encontro no Court Central de Wimbledon é impressionante.

CHEGOU À CONFERÊNCIA COM POLO DE RAFAEL NADAL

Rafa é a personificação da luta, desse tipo de energia. É algo com que quero contar em cada encontro. A nível de energia tive um ano bastante complicado, não é segredo nenhum, mas tudo vale a pena por vitórias como esta no Court Central. Estou muito feliz por estar aqui. Todas as lições que aprendi no ano passado vão ajudar-me no futuro.

Raducanu recupera a alegria em Wimbledon, Kontaveit arranca forte

A Betano tem mais uma grande missão para ti! Faz uma aposta múltipla (3 ou mais seleções) em qualquer jogo de Wimbledon num valor mínimo de 5€ e caso percas a tua aposta recebes 50% do valor da mesma em Aposta Grátis. Ou seja, se apostares 5€, recebes 2,5€; se apostares 20€, recebes 10€.

Se ainda não estás registado, regista-te aqui e ganha um bónus de 50% até 50€ com o teu primeiro depósito!

 

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.