Quando é que Federer se vai retirar? Nem o próprio sabe

Por José Morgado - 20 fevereiro, 2019

É uma das grandes questões dos últimos largos anos no ténis mundial: afinal de contas, quando é que Roger Federer, para muitos o melhor tenista da história, vai pendurar as raquetas? Aparentemente, nem o suíço de 37 anos (faz 38 em agosto) tem resposta. A confissão é feita pelo seu empresário e parceiro de todas as horas, Tony Godsick, numa entrevista ao ‘ Tages Anzeiger‘.

“O Roger vai continuar a jogar enquanto se sinta bem e saudável e, claro, a Mirka e os miúdos gostem de ter esta vida. Esse é o ponto principal. O que ele faz atualmente, com quatro filhos e uma vida agitada como ele tem… é incrível. Não sei como ele consegue continuar a jogar ao nível a que joga. É preciso muito amor à modalidade. Ganhar 20 Grand Slams é único no ténis masculino, mas fazer tudo o que ele faz dentro e fora do court ainda torna o Roger mais especial. Ele tem uma forte componente filantrópica e de preocupação com os outros”, assegura Godsick.

O empresário norte-americano é sócio de Federer na Laver Cup mas recusa dizer o dinheiro que a prova tem gerado. “É confidencial mas posso dizer que no primeiro ano tivemos prejuízo. No segundo fomos rentáveis e esperamos voltar a sê-lo em 2019, em Genebra”, assumiu na entrevista.

 

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.