Prodígio finlandês confiante: «Objetivo é vencer um Grand Slam»

Prodígio finlandês confiante: «Objetivo é vencer um Grand Slam»

Por Tiago Ferraz - julho 6, 2020
ruusuvuori- atp
Foto: ATP Tour

O prodígio finlandês Emil Ruusuvuori deu uma entrevista à ATP onde falou dos primeiros passos na sua carreira, dos seus ídolos e do impacto da pandemia de coronavírus.

“Foi muito difícil. Ia jogar em torneios que nunca tinha jogado como, por exemplo, Indian Wells. Chegamos lá, treinamos e ficamos a saber que foi suspenso. Não foi nada fácil. Tinha muitas oportunidades pela frente e sentia que estava a jogar muito bem”, ressalvou, citado pelo Punto de Break.

Ainda assim, Ruusuvuori, número 101 ATP, revela o que o treinador lhe disse para fazer nesta fase…E a resposta surpreende:

“Tendo em conta que tivemos muito tempo, o meu treinador dava-me encontros clássicos do Pete Sampras e do André Agassi para que eu os visse. Vimos aspetos desses tenistas, o que faziam para ganhar os pontos que te permitem jogar o teu melhor ténis. Vi muito bons encontros. Ver clássicos do ténis é algo que eu já tinha visto, mas agora isto ajuda-me. Por exemplo, o Agassi jogava com tenistas que ainda estão em atividade e isso ajuda-me”, disse.

O tenista finlandês revela ainda o maior objetivo da carreira:

“Quero ganhar um Grand Slam, sem dúvida”, afirmou.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.