PlayStation mode: Medvedev supera Tsitsipas e desafia Djokovic na final

PlayStation mode: Medvedev supera Tsitsipas e desafia Djokovic na final

Por José Morgado - fevereiro 19, 2021
medvedev-ausopen-sf

Simplesmente… imparável: o russo Daniil Medvedev, (ainda) número quatro do ranking mundial, vai discutir este domingo — 8h30 da manhã em Portugal Continental — a sua segunda final de Grand Slam da carreira (depois do US Open em 2019), quando entrar em court para defrontar o campeoníssimo Novak Djokovic detentor de oito troféus em Melbourne, na final da edição de 2021 do Australian Open.

O russo de 25 anos, que levou Rafael Nadal a cinco sets na única final de Grand Slam que disputou, confirmou esta sexta-feira o seu favoritismo e somou uma 20.ª vitória consecutiva para derrotar o grego Stefanos Tsitsipas, sexto da hierarquia mundial masculina, por concludentes 6-4, 6-2 e 7-5, em apenas 2h10 de um duelo que dominou quase por completo. O russo passeou até ao 3-1 do terceiro set, altura em que enfrentou a reação do grego que, com forte ajuda do público, ainda chegou a estar a dois ponos de empurrar a decisão do embate para uma quarta partida… mas sem sucesso.  É a 20.ª vitória seguida do russo!

Medvedev tornar-se no terceiro russo na história a chegar à final do Australian Open, depois de Yevgeny Kafelnikov (1999 e 2000) e Marat Safin (2002, 2004 e 2005) e ainda no finalista mais jovem desde 2012, quando Novak Djokovic, o seu rival de domingo, chegou à final com 24 anos.

Na final, Medvevev e Djokovic vão defrontar-se pela oitava vez nas respetivas carreiras, com Djokovic a comandar o confronto direto por 4-3. O russo de 25 anos venceu, no entanto, três dos últimos quatro duelos. Os dois jogadores defrontaram-se apenas por uma vez em Grand Slams (oitavos-de-final do Australian Open em 2019) e foi o sérvio a triunfar em quatro partidas.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.