Pedro Sousa substitui Federer no quadro principal do Australian Open

Pedro Sousa substitui Roger Federer no quadro principal do Australian Open

Por José Morgado - dezembro 28, 2020
Pedro-Sousa-Davis
epa07841867 Pedro Sousa of Portugal reacts during the Davis Cup Europe/Africa Group I tie between Belarus and Portugal against Ilya Ivashka of Belarusd in Minsk, Belarus, 14 September 2019. EPA/TATYANA ZENKOVICH / Davis Cup – Belarus vs Portugal / EPA / TATYANA ZENKOVICH / epa07841867 / BELARUS TENNIS DAVIS CUP / TENNIS / MINSK

Pedro Sousa, número dois português e 105.º colocado do ranking ATP, ficou a saber este domingo, ao mesmo tempo do que quase toda a gente, que vai mesmo entrar no quadro principal do Australian Open, que este ano se disputa entre 8 e 21 de fevereiro, três semanas mais tarde do que é habitual, em Melbourne.

O lisboeta de 32 anos, que era o primeiro alternate da lista oficial, beneficiou da desistência de Roger Federer, número cinco mundial, que confirmou este domingo não ir participar na edição de 2021 de uma competição que já ganhou por seis ocasiões.

Esta decisão é particularmente importante para o planeamento da época de Pedro Sousa, que não só garante a entrada direta — e 62 mil euros — como não tem de ir a Doha, no Qatar, jogar o qualifying, podendo assim competir no ATP 250 de Antalya, na Turquia, nessa mesma semana. Para já, o tenista do CIF está garantido na fase de qualificação.

Pedro junta-se a João Sousa no quadro principal do Australian Open. Será a sua segunda participação na grelha final da prova, depois de 2019, quando perdeu na primeira ronda com o australiano Alex De Minaur.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.