Parceiro de Farah confessa: «Quando foi suspenso nem conseguia dormir»

Por Nuno Chaves - fevereiro 13, 2020

Robert Farah foi suspenso dias antes do início do Open da Austrália por ter acusado positivo num controlo antidoping. Ora o número um mundial de pares não demorou a recorrer da decisão, conseguiu provar que estava inocente e regressa à competição na próxima semana, no ATP 500 do Rio de Janeiro.

O seu parceiro, Sebastián Cabal, deu uma entrevista ao Match Tenis, onde abordou este tema. “Foi uma grande desilusão porque notificaram-nos na véspera do Open da Austrália. Tínhamos feito uma grande pré-temporada, arruinaram-nos os planos, já que nos podiam ter avisado muito tempo antes. Felizmente isto já faz parte do passado”, explicou o colombiano.

E confiança no seu amigo… nunca faltou. “Nunca duvidei do Farah, era só uma questão de tempo para comprovar a sua inocência. Na Austrália nem conseguia dormir, no momento em que o Robert foi para os Estados Unidos. Tive de dar a cara a tudo. Aos patrocinadores, às pessoas mais próximas…”.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.