Pai de Leylah Fernandez já tinha ambição: «O nosso objetivo em 2021 era acabar no top 10»

Pai de Leylah Fernandez já tinha ambição: «O nosso objetivo em 2021 era acabar no top 10»

Por Bola Amarela - setembro 21, 2021

Leylah Fernandez surpreendeu tudo e todos ao chegar à final do US Open. A jovem canadiana, de 19 anos, perdeu no encontro decisivo com Emma Raducanu, mas a verdade é que o pai e treinador de Leylah já tinha objetivos muito ambiciosos delineados antes do arranque desta temporada. Basta ver o que Jorge Fernandez teve para dizer em relação a toda esta aventura da filha em Nova Iorque.

“O nosso objetivo em 2021 era acabar no top 10. Ainda estamos um pouco longe porque não foi um ano nada fácil. Já ganhou um WTA 250, mas a ideia era conseguir um 250 e um 500. A final do Grand Slam não muda. De qualquer modo, sabemos que se trabalharmos duro, ela vai ter oportunidade de ganhar um Slam. O melhor é que a primeira coisa que me disse depois da final foi que mal podia esperar para voltar aos treinos”, comentou o pai e treinador da 28.ª do ranking WTA.

E porque é que Jorge Fernandez não esteve nos Estados Unidos para acompanhar a aventura de Leylah? A explicação é simples e direta. “Não nego que gostava de ter estado lá, mas o ténis é um desporto solitário em court e cada um deve resolver sozinho as coisas no meio do encontro. Sempre acreditei que devia empurrar a Leylah para a independência para que pudesse tomar as suas próprias decisões”, sustentou.

  • Categorias:
  • WTA
Bola Amarela