Osaka: «Jogar um Grand Slam hoje em dia é um privilégio, não o dou por garantido»

Osaka: «Jogar um Grand Slam hoje em dia é um privilégio, não o dou por garantido»

Por José Morgado - fevereiro 20, 2021
osakaaaa

Naomi Osaka, campeã da edição do Australian Open em 2021, mostrou-se este sábado naturalmente contente com mais um título de Grand Slam — o seu quarto — depois derrotar Jennifer Brady na final em Melbourne. No discurso de campeã, as suas primeiras palavras foram precisamente para a sua rival.

Avisei a todos que ias ser um problema para todas e estava certa. Sei que trabalhas muito e parabéns a ti e à tua equipa. Tenho a certeza que a tua mãe está muito orgulhosa de ti, tal como todos os teus amigos e família. Tenho a certeza que vamos jogar mais vezes“, confessou a japonesa de 23 anos.

Osaka deixou depois palavras para a sua equipa. “Quero agradecer à minha equipa. Passámos pela quarentena juntos e eles são como a minha família. Passamos por tudo juntos e aprecio muito tudo isso. Este título é para vocês.”

A japonesa venceu o US Open em setembro sem qualquer espectador nas bancadas, pelo que não esconde ser especial voltar a vencer com alguma normalidade. “É incrível voltar a ter fãs, esta energia numa final de Grand Slam. Obrigado a todos por virem. Jogar um Grand Slam hoje em dia é um privilégio.”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.