O recorde de Federer que Djokovic e Nadal ainda perseguem

O recorde de Federer que Djokovic e Nadal ainda perseguem

Por José Morgado - janeiro 3, 2022
federer-djokovic

Novak Djokovic, número um do ranking mundial, tem ‘engolido’ nos últimos anos quase todos os recordes do ténis mundial, mas ainda há alguns que lhe faltam e em relação aos quais ele poderá estar atento. O sérvio de 34 anos, que já é o tenista com mais semanas no topo do ranking ATP, tornou-se a 1 de janeiro no primeiro tenista da história a ocupar a liderança da classificação mundial em pelo menos 11 temporadas diferentes.

Ao ‘virar’ a época na liderança ATP, Djokovic aumenta também para 11 os anos de diferença entre a primeira temporada em que ocupou o topo do ranking (2011) e o último (2022) e é esse recorde que o sérvio ainda não tem. Com 11 anos de diferença entre a primeira a (até ver) última época em que ocuparam o topo ATP, Djokovic está agora a três do recordista: Roger Federer, que foi líder mundial pela primeira vez em 2004 e pela última em 2018. Rafael Nadal (2008-2020) surge em segundo nesta lista.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.