Norte-americanos alcançam em Wimbledon o que não se via há 24 anos

Norte-americanos alcançam em Wimbledon o que não se via há 24 anos

Por José Morgado - julho 8, 2024
fritz wimbledon
Tom Flathers/AELTC/Wimbledon

Taylor Fritz, número 12 do mundo, e Tommy Paul, 13º da ATP, vão disputar nos próximos dias as quartas de final de Wimbledon. Os dois norte-americanos vão disputar juntos esta fase adiantada do torneio inglês, algo que não acontecia… há muitos anos.

Desde 2000 que Wimbledon não tinha mais do que um norte-americano nos oito melhores jogadores de Wimbledon em simples masculinos. Nesse ano, Pete Sampras, Andre Agassi e Jean Michael Gambill chegaram até as quartas. Pete Sampras ganhou essa edição e Andre Agassi perdeu nas semifinais.

Leia também:

Svitolina volta às quartas de Wimbledon e chora em quadra após mais um ataque à Ucrânia
Raducanu responde às críticas após desistir das duplas mistas: “Tenho que pensar em mim”
De Minaur estreia nas quartas de Wimbledon, mas leva susto com lesão… no match point

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt