Nadal sem dúvidas: «Temos de aproximar os Masters 1000 dos Grand Slams»

Nadal sem dúvidas: «Temos de aproximar os Masters 1000 dos Grand Slams»

Por Pedro Gonçalo Pinto - junho 14, 2022

Rafael Nadal sentou-se ao lado de Andrea Gaudenzi, presidente do ATP Tour, para falar sobre o OneVision, projeto apresentado que teve como grande destaque a revolução no que aos torneios Masters 1000 diz respeito. Mais três passam a ser disputados ao longo de 12 dias, sendo que esse é o caminho que faz sentido para o espanhol.

“Temos de aproximar os Masters 1000 dos Grand Slams”, afirmou Nadal, que destacou a importância de os torneios estarem cada vez mais em sintonia com os jogadores. “Já perdi muita energia a lutar entre os dois lados. Os torneios lutam pelos torneios e os jogadores por eles mesmos”, destacou.

Nesse sentido, Nadal vê o OneVision como algo decisivo. “Podia mudar a relação e a confiança entre os jogadores e os torneios porque pretende dar visibilidade aos jogadores sobre a economia dos torneios e também que os jogadores partilhem o futuro êxito. Se os torneios estiverem bem financeiramente, os jogadores vão conseguir 50 por cento dos benefícios, além do dinheiro de prize money”, referiu.

Já Gaudenzi sublinhou a importância de haver mudanças. “Somos um desporto global, temos milhões de fãs, um grande produto tanto em homens como mulheres. Mas lutamos com a monetização e, nesse caso, estamos muito fragmentados. Uma das nossas partes principais do plano é a unidade”, rematou.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.