Nadal resiste a Ruusuvuori e chega em Melbourne à final número 126 da carreira

Nadal resiste a Ruusuvuori e chega em Melbourne à final número 126 da carreira

Por Bola Amarela - janeiro 8, 2022

À procura de encontrar ritmo competitivo para atacar o Australian Open, Rafael Nadal chegou a mais uma final pelo caminho. A 126.ª da carreira para sermos precisos. O número 6 do ranking ATP não fez uma exibição de encher o olho, mas jogou o suficiente para se destacar de Emil Ruusuvuori (95.º), que ofereceu uma excelente réplica, e garantir o acesso ao duelo decisivo do ATP 250 de Melbourne.

Rafa selou o triunfo com os parciais 6-4 e 7-5, sendo que não se tratou de passeio algum. O espanhol de 35 anos até teve de salvar pontos de break logo no primeiro jogo de serviço, antes de fazer a diferença na sua primeira oportunidade… quando vencia por 5-4. Letal na hora da verdade, aí ameaçava fugir de Ruusuvuori, algo que parecia ter feito de vez quando quebrou no segundo set para liderar por 5-3. O finlandês subiu o nível e voltou a lançar a dúvida – até teve break point a 5-5, mas Rafa afiou as garras e fechou as contas.

Nadal solidifca o estatuto de segundo jogador com mais finais no ATP Tour, atrás das 157 de Roger Federer e à frente das 123 de Novak Djokovic, sendo que vai à procura do 89.º troféu. O adversário dificilmente podia ser mais improvável, tendo em conta que irá medir forças com Maxime Cressy (112.º), o carrasco de João Sousa no qualifying. O norte-americano somou mais uma surpresa rumo à sua primeira final, desta feita ao bater Grigor Dimitrov, por 7-5 e 7-6(9).

Bola Amarela