Nadal: «Neste momento, gostava de melhorar tudo no meu ténis»

Nadal: «Neste momento, gostava de melhorar tudo no meu ténis»

Por Tiago Ferraz - novembro 6, 2020
nadal-paris-r3

O tenista espanhol Rafael Nadal conquistou o direito a estar presente nos quartos de final do ATP Masters 1000 de Paris, esta quinta-feira, e falou da situação atual provocada pelo coronavirus e do que pode melhorar.

“Posso melhorar tudo. Neste momento, gostava de melhorar tudo no meu ténis, mas isso é trabalho para o dia a dia. Tenho que tentar olhar para o que não está tão bem e aperfeiçoar o que está a funcionar. Acho que há muitas coisas que até estão a bom nível. Estava há quase um ano sem jogar indoor e tudo isto faz parte do processo. Preciso de olhar para a frente e este género de encontros ajudam-te. Penso que estou a jogar bem, mas preciso de vencer mais encontros nesta superfície”, disse.

Rafael Nadal, vencedor de Roland Garros pela 13.ª vez, em 2020, compara ainda o seu nível físico atual com o do mesmo período, mas de épocas anteriores:

“No ano passado, estava muito bem, era um dos meus melhores anos, mas depois tive aquela lesão abdominal. Este ano estou muito consistente de que estou há muito tempo sem jogar aqui, mas mas venci os dois encontros que já joguei e isso é o mais importante. Agora tenho que é que dar mais um passo em frente e tenho que estar preparado”, salientou, citado pelo Punto de Break.

Rafael Nadal joga, esta sexta-feira, o acesso às meias-finais do ATP Masters 1000 de Paris-Bercy diante do seu compatriota Pablo Carreno-Busta.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.