Nadal: «Foi um cocktail mortal: jogar mal contra um grande jogador»

Nadal: «Foi um cocktail mortal: jogar mal contra um grande jogador»

Por Bola Amarela - abril 16, 2021
nadal

De forma muito surpreendente, Rafael Nadal caiu aos pés de Andrey Rublev nos quartos-de-final do Masters 1000 de Monte Carlo, um torneio que já venceu por… 11 vezes na carreira. Um dos pontos de interesse era ouvir as explicações do espanhol para esta derrota inesperada em terra batida.

“É um encontro fácil de explicar. Se enfrentar alguém como Rublev e não jogas bem, está tudo dito. Por alguma razão, tive problemas com o serviço. Foi um dos dias que o serviço estava um desastre. A servir, fica tudo mal porque afeta todo o jogo. Só pensas em meter o serviço dentro e isso faz-te pensar nisso e não nos pontos. Não se pode esperar ganhar a um jogador como Rublev perdendo tantas vezes o serviço. Assim é impossível ganhar. Jogou muito agressivo e fê-lo muito bem. Estou feliz por ele porque é muito bom rapaz”, começou por afirmar o número três do mundo.

Mas Nadal foi mais longe na análise do encontro e mostrou-se mesmo resignado com a forma como tudo acabou. “Foi um cocktail mortal: jogar mal contra um grande jogador. Quando isso acontece, perdes. Preocupa-me o suficiente. É uma derrota que não é positiva e um encontro em que não joguei bem. Foi um dia mau. Estava a treinar bem, então não é produto de más sensações, isso é que seria preocupante. Agora espero render ao mais alto nível em Barcelona. O mês que vem aí é importante e sei quais são os meus objetivos. Foi um dia para esquecer para mim”, rematou.

Bola Amarela