Nadal: «Estou triste, sei que as oportunidades não duram para sempre»

Por Nuno Chaves - 13 julho, 2019
nadal-wimbledon-2019

Ainda roubou um set mas Rafa Nadal viu a sua participação chegar ao fim nas meias-finais de Wimbledon, ao perder para o velho rival Roger Federer.

O espanhol, no final, explicou detalhes muito interessantes em relação à sua performance. “Acho que no final do jogo comecei a jogar muito melhor, mas já era tarde. A minha esquerda não esteve tão bem como nas rondas anteriores. Estava tão preocupado com a esquerda, que não batia na direita com tanta liberdade. Estava um pouco preocupado em não falhar com a esquerda. Quando isto acontece contra um jogador como ele fica difícil”, admitiu o maiorquino.

Nadal, claro está, deixou bem clara a sua desilusão por ficar à porta da final. “Criei outra oportunidade para estar numa final dum Grand Slam. Tenho de aceitar que não foi o meu dia. Joguei um bom torneio. Levo isto de uma forma positiva”, confessou.

“Ao mesmo tempo estou triste porque sei que as oportunidades não duram para sempre. No ano passado tive hipóteses aqui. Este ano também tive e não fui capaz de vencer mais uma vez aqui”, admitiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.