Nadal: «Estar na luta para ser o que termina com mais Grand Slams é algo muito bonito»

Nadal: «Estar na luta para ser o que termina com mais Grand Slams é algo muito bonito»

Por Tiago Ferraz - fevereiro 7, 2020
nadal-press

O tenista espanhol Rafael Nadal deu uma entrevista ao The National onde abordou alguns aspetos da sua carreira e falou sobre a eterna luta com Roger Federer e Novak Djokovic pelo “título” de melhor de sempre.

«É apaixonante fazer parte deste momento histórico do ténis. Estar na luta para ser o que termina com mais Grand Slams é algo muito bonito e é demonstrativo da grande carreira que eu estou a fazer, mas não vai influenciar o modo como eu me sentirei quando abandonar o ténis profissional. Estou a desfrutar muito porque os membros do Big 3 estão a conseguir estatísticas que pareciam impossíveis. Isso é uma grande honra e um privilégio para mim, mas estou apenas focado no dia a dia e a continuar a trabalhar para me manter competitivo», disse o espanhol.

O tenista espanhol falou ainda do que mudará no dia em que decidir afastar-se do ténis profissional e diz que vai arranjar algo em que se sentirá realizado para lá do ténis:

«Tenho muitas coisas na vida que me fazem feliz longe de um court de ténis. Obviamente o ténis é importante para mim, mas dá-me tranquilidade saber que vou fazer muitas coisas que preencham esse vazio quando abandonar (a modalidade) e poderei ser feliz sem o ténis», vincou.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.