Nadal é o terceiro da história com mais semanas no top 100... e não quer ficar por aqui

Nadal é o terceiro da história com mais semanas no top 100… e não quer ficar por aqui

Por Pedro Gonçalo Pinto - maio 9, 2022
Nadal
Créditos: Bruno Alencastro/Bola Amarela

Rafael Nadal até pode ter perdido nos quartos-de-final do Masters 1000 de Madrid frente a Carlos Alcaraz, mas esta segunda-feira acabou por assinar um registo marcante de qualquer das formas. É que o veterano de 35 anos tornou-se no terceiro tenista com mais semanas no top 100, prolongando um incrível registo de longevidade que promete não ficar por aqui.

Rafa desempatou de Feliciano López e passou a somar 972 semanas entre os 100 melhores do Mundo, estatuto que teve pela primeira vez a 21 de abril de… 2003, depois de chegar aos oitavos-de-final do Masters 1000 de Monte-Carlo, onde perdeu frente a Guillermo Coria. Aliás, pela primeira e única vez, já que Nadal nunca mais saiu do top 100.

Ainda assim, precisa de se manter neste grupo durante pelo menos mais três anos e meio se quiser chegar ao topo da lista. Por agora, Roger Federer vai segurando o seu lugar no top 100, com essa saída a ficar consumada, ao que tudo indica, a 20 de junho, quando os pontos do título de Halle em 2019 caírem. O suíço acumula 1.159 semanas no top 100 e Andre Agassi está em segundo com 1.019.

Por outro lado, entre as 972 semanas que Nadal passou no top 100, 868 foram entre os dez primeiros, igualmente de forma consecutiva desde que entrou neste grupo a 25 de abril de 2005. Também aí persegue Federer, que está no topo com 968.

Mais semanas no top 100

1 – Roger Federer – 1.159
2 – Andre Agassi – 1.019
3 – Rafael Nadal – 972
4 – Feliciano López – 971
5 – Jimmy Connors – 963

Mais semanas no top 10

1 – Roger Federer – 968
2 – Rafael Nadal – 868
3 – Jimmy Connors – 816
4 – Andre Agassi – 747
5 – Novak Djokovic – 733

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.