Murray mete o pé: «Não tenho de justificar os wild cards que recebi. Não me sinto mal por eles»

Murray mete o pé: «Não tenho de justificar os wild cards que recebi. Não me sinto mal por eles»

Por Bola Amarela - outubro 7, 2021
murray

Os wild cards que Andy Murray tem recebido esta temporada são determinantes para o britânico. O antigo número um do mundo procura recuperar rapidamente um posto mais alto no ranking ATP – é o 121.º nesta altura – e, para isso, conta com vários convites depois de muito tempo fora da ação devido a lesão. Ora, Murray não gostou de ser questionado em relação a isso e meteu o pé.

“Claro que gostava de entrar direto. Mas nos três anos em que estive fora por lesão tinha entrado em todos os torneios. Depois do que vivi nos últimos três ou quatro anos e do que consegui antes, não tenho de justificar os wild cards que recebi. São os torneios que tomam as decisões, não sou eu. Não me sinto mal por eles, por receber os convites”atirou à Sky Sports.

Quanto ao seu momento de forma, Murray tenta ver o copo meio cheio, mesmo que tenha somado várias derrotas ao longo das últimas semanas. “Os encontros que perdi, à exceção de Winston Slame, foram diante de jogadores que estão no top 15 mundial: Tsitsipas, Hurkacz e Ruud. São jogadores de topo e têm mostrado isso esta temporada. Além disso, tive algumas oportunidades nesses encontros, mas não as aproveitei. Pelo menos não estou a perder contra quem devia ganhar”destacou.

Bola Amarela