Murray faz melhor exibição da semana e está numa final 16 meses depois

Murray faz melhor exibição da semana e está numa final 16 meses depois

Por Bola Amarela - fevereiro 13, 2021
Foto: ATP Tour

Não é no mais alto nível, mas Andy Murray está de volta a uma final 16 meses depois. O escocês de 33 anos, agora número 125 ATP, bateu facilmente o francês Mathias Bourgue (213.º), garantindo um lugar no encontro decisivo do Challenger de Biella, em Itália, o primeiro de dois torneios desta categoria e neste local que Murray vai disputar em semanas consecutivas.

O antigo número um do mundo exibiu-se na melhor forma da semana – mesmo que ainda longe daquela que já atingiu -, fechando o encontro com os parciais 6-0 e 7-5, ao cabo de 1h33. Uma vitória que certamente dará confiança enquanto o britânico, 1.º cabeça-de-série em Itália, procura ganhar ritmo competitivo, depois de não ser autorizado a viajar para a Austrália por ter contraído Covid-19. Foi por isso que optou jogar estes torneios Challenger para somar alguns pontos que permitam subir no ranking e recuperar os níveis físicos.

Refira-se que é a primeira final a qualquer nível para Murray desde… outubro de 2019, quando conquistou o ATP 250 de Antuérpia, na altura frente a Stan Wawrinka na final. Agora, o britânico terá pela frente o ucraniano Ilya Marchenko (212.º), um adversário que já derrotou por duas vezes na carreira, ambas no Australian Open e sem ceder qualquer set (2011 e 2017).

Bola Amarela