Murray complica muito mas regressa a Wimbledon com vitória memorável

Murray complica muito mas regressa a Wimbledon com vitória memorável

Por José Morgado - junho 28, 2021

Andy Murray, antigo número um do Mundo e campeão de Wimbledon em 2013 e 2016, regressou esta segunda-feira à competição de singulares no All England Club três anos depois com uma excelente vitória, apesar de ter complicado de forma incrível a partir de meio do terceiro set.

O britânico de 34 anos, atualmente fora do top 100 mundial depois de várias temporadas de verdadeiro calvário físico, derrotou na primeira ronda o georgiano Nikoloz Basilashvili, 24.º cabeça-de-série, por 6-4, 6-3, 5-7 e 6-3, num duelo de 3h30 que se complicou de maneira muito estranha a partir do 5-0 (com três breaks) para o escocês no terceiro set. Murray, que ainda teve dois match points nesse período, perdeu sete jogos consecutivos e a terceira partida, antes de regressar para, já com o teto fechado e pela noite dentro, arrumar a questão em quatro parciais.

Na segunda ronda, Murray vai defrontar o vencedor do embate entre os qualifiers Oscar Otte, da Alemanha, e Arthur Rinderknech, de França, que viram o seu empate ser suspenso a 9-9 na quinta partida por falta de luz natural.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.