Murray admite dificuldades: «No último ano fiquei confuso dentro de court algumas vezes»

Murray admite dificuldades: «No último ano fiquei confuso dentro de court algumas vezes»

Por Bola Amarela - setembro 22, 2021
murray-uso

Aos poucos, Andy Murray começa a reencontrar algo perto da sua melhor forma. É certo que ainda está fora do top 100 depois de ter sido número um do mundo, mas chegou aos quartos-de-final de um torneio ATP pela primeira vez em quase dois anos, depois de bater Vasek Pospisil rumo ao top 8 em Metz. No entanto, reconhece que os últimos meses têm sido complicados a vários níveis.

“Comparando com os últimos anos, este período tem sido aquele em que tenho disputado realmente mais torneios e o meu corpo sente-se bem. Estou a começar a ganhar um pouco de confiança com cada encontro e a ver os pontos como eu quero e a jogá-los de novo. Isso é excelente. No último ano fiquei confuso dentro de court várias vezes, sem ver bem como os pontos se estavam a desenvolver”, afirmou, em conferência de imprensa.

Murray confessa que é importante recuperar essa confiança tática para voltar a lutar com os melhores jogadores nos maiores palcos. “Para mim, essa sempre foi uma parte muito forte do meu jogo. Senti-me muito desconfortável em campo quando estava assim. Por isso, estou a começar a ter isso de volta. Os resultados estão a aparecer e o meu ténis está a melhorar”, rematou.

Murray volta a vencer em Metz e chega aos ‘quartos’ pela primeira vez quase dois anos depois

Bola Amarela