Moya defende alteração do nome do court principal de Roland Garros

Por Bola Amarela - 12 junho, 2019
moya-nadal

E se o court principal de Roland Garros deixasse de se chamar Philippe Chatrier para passar a ser tratado por Rafael Nadal? Os fãs do espanhol de 33 anos, recentemente campeão do Grand Slam parisiense pela 12.ª vez, não hesitarão em concordar com a sugestão, Carlos Moya parece assinar por baixo.

O antigo jogador espanhol e atual treinador de Nadal disse à rádio Onda Cero que a homenagem ao seu pupilo é mais do que merecida. “Eles deveriam [trocar o nome]. Não voltará a haver algo semelhante. É um registo nunca visto e muito difícil de repetir. Acho que ninguém vai conseguir superar essa marca”, apontou Moya.

Sobre o triunfo de Nadal em Roland Garros, que o fez chegar à dúzia de troféus, o antigo número um mundial revelou-se um treinador orgulhoso. “O Rafa esteve a um grande nível durante o torneio. Foi difícil, mas ele conseguiu superar todos os obstáculos”, afirmou Moya, já com os olhos postos no que se segue: “Vai ter de estar bem fisicamente, livre de lesões e bem preparado para Wimbledon”.