Miúdo de 18 anos tem 100 mil euros pendentes de uma decisão

Por José Morgado - setembro 30, 2019
brooksby

Jenson Brooksby, de apenas 18 anos, foi uma das sensações da edição deste ano do US Open, ao bater Tomas Berdych na primeira ronda, depois de passar a fase de qualificação. O norte-americano comprometeu-se com a Universidade de Baylor para a temporada de 2019/20, mas agora pode voltar com a palavra atrás e aceitar os 100 mil euros pendentes do prize-money do US Open.

É que a NCAA obriga a que todos os seus competidores sejam cem por cento amadores — é assim em todas as modalidades — pelo que se Brooksby se tornar profissional e aceitar o prize-money, não poderá competir no College Tennis para o resto da sua vida.

Ora nesta altura o jovem ainda não decidiu. “Ainda não decidi. Quero testar-me em um ou dois Challengers e perceber se estou pronto para este nível”, assumiu a antiga estrela do circuito júnior.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.