Ministra francesa promete exceções e garante que Djokovic pode disputar Roland Garros

Ministra francesa promete exceções e garante que Djokovic pode disputar Roland Garros

Por Bola Amarela - janeiro 7, 2022
djokovic

Uma das questões que se levantaram no momento em que Novak Djokovic começou a viver o pesadelo (que ainda persiste) na Austrália tem a ver com os outros torneios do Grand Slam. Será que o número um do mundo vai ser barrado também dos outros Majors por não estar vacinado contra a Covid-19? Pois bem, parece já haver uma resposta relativamente a Roland Garros.

Roxana Maracineanu, Ministra dos Desportos francesa, garantiu que Djokovic poderá usufruir de um regime de exceção que lhe garanta a entrada no país e a possibilidade de competir mesmo sem estar inoculado contra a doença provocada pelo novo coronavírus. Não se trata de uma garantia absoluta, mas de algo muito perto disso mesmo.

“Há protocolos de saúde impostos em grandes eventos por federações relevantes que permitiriam a alguém como Novak Djokovic entrar no país. Em França não temos as regras que a Austrália tem em relação à entrada no país, nem para atletas, nem para cidadãos de outros países”, começou por explicar à rádio France Info.

Maracineanu promete mesmo um verdadeiro regime de exceção para Djokovic e qualquer outro desportista que não esteja vacinado contra a Covid-19. “Um atleta que não esteja vacinado pode competir num evento porque o protocolo e a bolha sanitária destes grandes eventos permite isso mesmo”, acrescentou.

Bola Amarela