Medvedev pronto para a glória: «Sinto que é o momento e que tenho de ganhar»

Medvedev pronto para a glória: «Sinto que é o momento e que tenho de ganhar»

Por Nuno Chaves - setembro 11, 2021
epa09460349 Daniil Medvedev of Russia reacts against Felix Auger-Aliassime of Canada during a men’s singles semifinal round match on the twelfth day of the US Open Tennis Championships at the USTA National Tennis Center in Flushing Meadows, New York, USA, 10 September 2021. The US Open runs from 30 August through 12 September. EPA/JOHN G. MABANGLO

Daniil Medvedev, número dois mundial, qualificou-se para a terceira final de um Grand Slam na carreira, após despachar Felix Auger-Aliassime.

O russo espera que ‘à terceira seja de vez’ e não que ‘não há duas sem três’. “A experiência dessas finais pode ajudar-me. O que posso dizer é que vou dar tudo no domingo. Em Melbourne custou-me muito competir sem o calor do público, foi difícil ligar-me ao encontro, mas aqui conto com a energia do público com 100% da lotação e vou fazer tudo para subir a temperatura no court. Sinto que não joguei com o coração na Austrália, isso vai mudar aqui”, garantiu aos jornalistas.

Medvedev, que está na segunda final no US Open, explicou o que muda em relação à de 2019. “Na final de 2020 senti-me honrado por ser finalista, estava no início da minha subida, tinha vencido muitos encontros nessa fase da época e sentia que não era obrigatório ganhar. Depois de desperdiçar duas oportunidades agora sinto que é o momento, que devo ganhar”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.