Medvedev critica programação: «Este encontro devia ter sido à tarde»

Medvedev: «Não me queria cansar, mas não gosto de perder»

Por José Morgado - novembro 19, 2021
epa09585624 Daniil Medvedev of Russia reacts during his group stage match against Alexander Zverev of Germany at the Nitto ATP Finals tennis tournament in Turin, Italy, 16 November 2021. EPA/Alessandro Di Marco

Daniil Medvedev, número dois do Mundo, venceu esta quinta-feira em Turim um encontro estranho, uma vez que já entrou em court apurado para as meias-finais. O russo venceu o italiano Jannik Sinner por 6-0, 6-7(5) e 7-6(8), em 2h30, e no final admitiu ter vivido um dilema curioso no terceiro set.

“Foi um terceiro set muito difícil para mim, porque eu por um lado não gosto de perder, mas por outro evitei correr muito, não me queria cansar sem necessidade. Tentei ser mais agressivo do que é habitual. Voltei a servir muito bem, sinto-me a jogar bem e agora estou focado em recuperar para as meias-finais”, assumiu o russo, que espera por Andrey Rublev ou Casper Ruud nas meias-finais de sábado.

Esta jornada em Turim ficou marcada por uma programação estranha da organização, que colocou o duelo entre Medvedev e Sinner em segundo lugar, fazendo com que, perante a vitória de Alexander Zverev diante de Hubert Hurkacz, este encontro já não contasse para nada em termos competitivos. Caso os duelos tivessem sido agendados ao contrário, nunca teria havido um ‘dead rubber’, independentemente do resultado do primeiro encontro. “Foi estranho. Acho que o nosso encontro deveria ter sido o primeiro, mas percebo a razão pela qual não foi…”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.