Medvedev e o US Open: «Vai ser bizarro jogar na sessão noturna»

Medvedev e o US Open: «Vai ser bizarro jogar na sessão noturna»

Por Tiago Ferraz - julho 2, 2020
Daniil-Medvedev

O tenista russo Daniil Medvedev deu uma entrevista à Eurosport onde falou do US Open e está reticente quanto ao que poderá ser o futuro do Grand Slam norte-americano.

“Eu acho que não é possível saber o que se vai passar em Nova Iorque neste momento. Como é possível ver, há jogadores que estão contra as regras implementadas. Quanto a mim, eu quero regressar aos courts o mais rapidamente possível e quero jogar torneios, se possível, com adeptos nas bancadas”, afirmou.

Ainda assim, Medvedev admite que tal cenário é pouco provável que aconteça:

“É uma decisão difícil quanto ao dia em que vamos começar porque depende, claro, da evolução do coronavírus. Vai ser super estranho uma vez que todos nós jogamos futures ou torneios onde tínhamos apenas o treinador a assistir e nada mais, mas claro que é diferente. É um court mais pequeno. Vai ser diferente chegar ao Arthur Ashe onde cabem 22000 pessoas, e vê-lo só com dois elementos da tua equipa. Eu acho que o mais bizarro vai ser jogar encontros na sessão noturna”, disse.

Medvedev falou ainda do que mudou na sua mentalidade para se tornar no tenista que é hoje.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.