Medvedev critica condições na Austrália: «Jogar assim é uma tortura»

Medvedev critica condições na Austrália: «Jogar assim é uma tortura»

Por Nuno Chaves - janeiro 2, 2022

Daniil Medvedev entrou no novo ano com uma derrota surpreendente e que ficou marcada pelo momento onde o russo se sentiu mal e vomitou em pleno court.

O número dois mundial, mais tarde, explicou o sucedido e voltou a mostrar o seu desagrado com as condições australianas, tal como mostrou noutros anos. “Isto é o que acontece quando jogas encontros muito duros de três sets com muita intensidade. No ano passado quando ganhámos não havia teto ainda. Jogar nestas condições é uma tortura. Faz tanto calor e tanta humidade que é incrível”, disse em conferência de imprensa.

“A última vez que senti algo parecido foi nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Há que felicitar também o Ugo. Parecia mais fresco e adaptou-se muito melhor que eu às condições. Creio que durante o jogo mudei de camisola umas quatro ou cinco vezes. Foi muito duro”, reforçou.

Ainda assim, apesar das dificuldades físicas, Medvedev voltou para jogar pares… 25 minutos depois. E ganhou. “Quando ouvi que tinha 25 minutos para me preparar não fiquei feliz. Não é bom quando jogas quase três horas, com problemas físicos e depois jogas outro encontro logo a seguir. Ainda assim, dei o meu melhor. Jogo pela Rússia, pelo meu país. Se tiver que morrer em court para ganhar, eu morro. Não sei como vou estar quando acordar amanhã, mas agora estou feliz por ter ajudado a equipa a conseguir esta vitória”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.