Mauresmo ambiciosa como diretora de Roland Garros: «Quero ir mais longe»

Mauresmo ambiciosa como diretora de Roland Garros: «Quero ir mais longe»

Por Bola Amarela - dezembro 10, 2021

Amélie Mauresmo vai fazer história, depois de ter sido nomeada diretora de Roland Garros – e do Masters 1000 de Paris -, sucedendo a Guy Forget. Uma honra que a número um do mundo terá, mas também uma enorme responsabilidade, como a própria admitiu na primeira entrevista que deu na condição de líder do Grand Slam francês.

“Como jogadora tinha uma visão para o torneio, como consultora tive outra. Sei que há coisas que devem melhorar. Penso em cumprir todos os requisitos e dar as boas-vindas aos jogadores. Quero fazer uma extensão do magnífico trabalho de Guy Forget, mas também quero ir mais longe. Quero tornar-me alguém com força para propôr e por isso foram ter comigo. Quero atuar numa escala maior do que na simples relação com os jogadores. Quero envolver-me e descobrir tudo. Se fosse só para estar aí para a imprensa não me interessava”apontou ao L’Équipe.

Certo é que Mauresmo se sente de facto honrada por ter recebido este convite. “Sinto-me muito sortuda por me terem escolhido. Não tinha nenhum plano sobre o que fazer depois da minha carreira profissional. Já tinha cumprido todos os meus sonhos de infância. Agora tenho a sorte de me terem chamado. Provavelmente deve-se ao que sempre mostrei, ao compromisso que tive com as minhas tarefas”, rematou.

OFICIAL: Mauresmo faz história e é a nova diretora de Roland Garros

Bola Amarela