Maldição ou magia? Circuito feminino tem campeãs do Grand Slam diferentes nos últimos 5 anos

Maldição ou magia? Circuito feminino tem campeãs do Grand Slam diferentes nos últimos 5 anos

Por Pedro Gonçalo Pinto - setembro 12, 2021

Emma Raducanu fez história ao conquistar o US Open, tornando-se na primeira qualifier de sempre a vencer um torneio do Grand Slam. Só o facto de a jovem britânica, de 18 anos, conquistar o título já era altamente inesperado, mas a verdade é que confirmou algo que se tem tornado bastante habitual no circuito feminino. É que Raducanu manteve uma tendência que está intacta desde 2017: nenhuma jogadora repete títulos do Grand Slam!

Contas feitas, são 19 campeãs diferentes, tendo em conta que Wimbledon não se disputou na temporada passada. Quem foi, então, a última a vencer dois títulos do Grand Slam? A resposta certa é a experiente alemã Angelique Kerber, que em 2016 ergueu os troféus no Australian Open e no US Open. Quem será a primeira a repetir daqui para a frente?

  • Categorias:
  • WTA
Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.