Mais uma semana, mais uma revolução: só uma posição não mexe no novo top 10 WTA

Mais uma semana, mais uma revolução: só uma posição não mexe no novo top 10 WTA

Por Pedro Gonçalo Pinto - maio 7, 2022
Créditos: Bruno Alencastro/Bola Amarela

Já começa a ser habitual termos uma verdadeira revolução no top 10 WTA depois dos grandes torneios. Desta feita, o WTA 1000 de Madrid traz uma lista das dez primeiras em que só mesmo Iga Swiatek não trocou de cadeira. De resto, as outras nove tenistas surgem em posições diferentes, com grande destaque para Ons Jabeur, a campeã de Madrid, que vai saltar para o 7.º lugar, igualando o seu máximo de carreira. Por outro lado, Jessica Pegula, a vice-campeã, fica à porta do top 10, ao ocupar o 11.º posto. Quem se destaca pela negativa é Aryna Sabalenka, que deu um trambolhão para o 8.º lugar, fruto de não defender o troféu na capital espanhola.

Novo top 10 WTA

1 – Iga Swiatek (=) – 7.061
2 – Barbora Krejcikova (+1) – 5.002
3 – Paula Badosa (-1) – 4.720
4 – Maria Sakkari (+1) – 4.596
5 – Anett Kontaveit (+1) – 4.446
6 – Karolina Pliskova (+1) – 4.152
7 – Ons Jabeur (+3) – 3.895
8 – Aryna Sabalenka (-4) – 3.721
9 – Danielle Collins (-1) – 3.216
10 – Ons Jabeur (-1) – 3.135

  • Categorias:
  • WTA
Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.