Mais Basilashvili: tenista tinha ordem de afastamento e só podia ver o filho acompanhado

Mais Basilashvili: tenista tinha ordem de afastamento e só podia ver o filho acompanhado

Por José Morgado - maio 24, 2020
basilashvili

Nikoloz Basilashvili é o nome do dia no ténis mundial… pelas razões erradas. O melhor tenista georgiano de sempre, atualmente dentro do top 30 ATP, estava a ser investigado há alguns meses por violência doméstica contra a sua mulher e os pormenores da história estão a ser divulgados este domingo pela imprensa do país, ou não fosse Basilashvili um dos desportistas mais relevantes da Geórgia.

O jogador de 28 anos, vencedor de três torneios ATP, separou-se da mulher Neka no início desde ano e desde início foi reportado que os problemas se deveram a atitudes agressivas e de violência por parte de Basilashvili. O tenista e o seu pai tinham mesmo uma ordem de afastamento do tribunal em relação à ex-mulher de Nikoloz, que só poderia ver o filho de ambos, Lukas, acompanhado por um assistente social.

Os conflitos que levaram à detenção de Basilashvili aconteceram esta quinta-feira, 21 de maio, quando Basilashvili foi encontrado pela sua ex-mulher na companhia de Lukas… sozinhos. O conflito começou nessa altura e acabou por a ex-esposa de Basilashvili a chamar a polícia.

A imprensa do país revela que a ex-mulher do tenista acordou com Nikoloz uma pensão de 28 mil euros e que esta teria pedido o triplo neste mês de maio.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.