Leconte: «Federer já nos fez sonhar. Queremos acreditar que terá mais um regresso milagroso»

Leconte: «Federer já nos fez sonhar. Queremos acreditar que terá mais um regresso milagroso»

Por Tiago Ferraz - dezembro 2, 2020
federer-direita

O antigo tenista francês e número cinco mundial Henri Leconte deu uma entrevista recente ao site francês TennisActu onde falou da temporada de 2021 e das expectativas que há à volta do regresso de Roger Federer:

“Todos queremos acreditar que Federer vai continuar motivado e que será capaz de conseguir mais um daqueles regressos milagrosos que sempre nos fascinaram. Penso que todos gostariam que ele vencesse mais um Grand Slam, mas a capacidade dos jovens é cada vez maior”, salientou, citado pelo Punto de Break.

Henri Leconte revela ainda um grande desejo para o futuro, mas diz que Federer terá dificuldade em vencer mais um Grand Slam:

“Roger Federer já fez muitas coisas boas por esta modalidade e já nos fez sonhar a todos. Adorava vê-lo no topo novamente, mas penso que será mesmo muito difícil que tal aconteça”, revela.

Recorde-se que o suíço Roger Federer não compete a nível oficial desde o Australian Open de 2020 e desde então foi operado ao joelho por duas vezes sendo que a sua recuperação não correu tão bem como ele próprio estaria à espera.

Nesse sentido o regresso foi adiado, mas Federer já regressou aos treinos e o regresso aos grandes palcos será, ao que tudo indica, já na edição de 2021 do major australiano que está com muitas dúvidas à sua volta embora já tenha sido conhecida uma proposta para que a prova decorra em datas diferentes, mas com restrições para os tenistas que vão jogar. Veremos o que acontecerá e o que é que vai mexer no calendário de 2021.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.