Kyrgios fala do Big Three e não tem dúvidas: «Federer é um tenista perfeito e um exemplo a seguir»

Por Nuno Chaves - fevereiro 27, 2020
federer-kyrgios

Nick Kyrgios teve uma prestação para esquecer na sua defesa do título em Acapulco, já que desistiu logo na estreia, algo que o vai fazer sair do top 30.

Antes desse duelo, que aconteceu na terça-feira, o australiano deu uma entrevista ao Milenio onde deu a sua opinião sobre o porquê da diferença do Big Three para o resto. “Nadal, Djokovic e Federer são tão bons e campeões tão grandes porque em cada semana têm a mesma mentalidade, são positivos e continuam a lutar. Para mim isto é muito difícil, fico esgotado”, explicou.

Kyrgios até deu um exemplo. “O meu jogo contra o Nadal no Australian Open foram quase quatro horas e eu estava cansado. Depois disso eu preciso de duas semanas de descanso e o Rafa pode continuar. Mas foi um grande jogo, o Nadal e eu tivemos grandes jogos, como o do ano passado aqui”, relembrou.

Ainda assim, o elemento preferido do Big Three está bem definido para Kyrgios. “Tenho muitos ídolos no basquetebol, mas no ténis o Federer sempre foi o meu ídolo. Creio que é um exemplo perfeito para quem quer ser jogador. É um tenista perfeito e um grande exemplo a seguir, não se chateia muito e é boa pessoa, por isso, entre os três escolho o Roger”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.