Kyrgios após surreal vitória: «Tive medo de voltar para casa e ficar com toda a negatividade que tenho»

Kyrgios após surreal vitória: «Tive medo de voltar para casa e ficar com toda a negatividade que tenho»

Por Nuno Chaves - fevereiro 10, 2021
kyrgios-australia
Foto: EPA

Nick Kyrgios sobreviveu esta manhã a um intenso duelo contra Ugo Humbert na segunda ronda do Australian Open, onde foi obrigado a salvar dois match points.

No final, o australiano confessou que foi um dos duelos mais especiais da sua carreira. “Sem dúvida que foi um dos mais memoráveis que já joguei. Dos jogos mais loucos. Nunca tinha salvado match points e depois ganhar no Australian Open. Ainda estou meio alucinado com o ambiente nas bancadas. Não dava a sensação de estar metade da lotação, foi de loucos”, admitiu em conferência de imprensa.

Kyrgios falou ainda do medo de perder logo na segunda ronda. “Sentia que havia muita expetativa por mim, após um ano sem jogar. Não esperava muito de mim mas sim, é verdade que ao estar com match point contra para perder na segunda ronda, fique com medo. Tinha medo de voltar para casa, ler o que tinha feito e entrar toda a negatividade que eu tenho. Não é fácil dar a volta a isso e deixar tudo para trás”, confessou.

E o bad boy sabe bem as dificuldades que enfrentou. “Cheguei a sentir que não havia nada a fazer contra ele. Estava a jogar melhor que eu no fundo do campo. Talvez tenha começado a servir melhor. Sobretudo parece-me que tive mais experiência que ele. Estive em grandes jogos, sentia-me como um veterano na guerra. Ele creio que não jogou muitos encontros em cinco sets na Austrália com o público contra”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.