Kerber mostra fibra de campeã e regressa às meias-finais de Wimbledon

Kerber mostra fibra de campeã e regressa às meias-finais de Wimbledon

Por Pedro Gonçalo Pinto - julho 6, 2021
angelique-kerber

Angelique Kerber parecia afundada na carreira quando perdeu na primeira ronda do Australian Open e de Roland Garros, mas a antiga número um do mundo começou a mudar a maré em Bad Homburg e continua a surfar a onda vitoriosa em Wimbledon. A campeã de 2018 no All England Club precisou de pouco mais de uma hora e jogou bem todos os pontos importantes para levar a melhor diante da checa Karolina Muchova, garantindo o regresso às meias-finais de um torneio do Grand Slam, algo que não desdes essa caminhada gloriosa de 2018.

A alemã, de 33 anos, triunfou com os parciais 6-2 e 6-3, colocando em campo mais uma excelente exibição, reforçando a candidatura ao seu quarto título do Grand Slam na carreira. A chave acabou por estar no aproveitamento de pontos de break, nos quais Kerber se mostrou quase perfeita na hora de defender, ao salver sete dos oito que teve pela frente. Por outro lado, aproveitou quatro em seis e descomplicou um encontro que se podia tornar traiçoeiro diante da única jogadora dos quartos-de-final de 2019 que repetiu a façanha.

Nas meias-finais de Wimbledon pela quarta vez na carreira, Kerber fica agora à espera para conhecer a próxima adversária. Uma coisa é certa: será australiana, uma vez que se defrontam Ashleigh Barty Ajla Tomljanovic. Certo é que Kerber irá à procura da sua terceira final, depois de conquistar o título em 2018 e de perder em 2016, ambas as vezes diante da norte-americana Serena Williams.

Pedro Gonçalo Pinto