João Sousa sofre «pequena entorse» no pé esquerdo mas vai a jogo em Auckland

João Sousa sofre «pequena entorse» no pé esquerdo mas vai a jogo em Auckland

Por Pedro Almeida - janeiro 11, 2020
joao-sousa
epa07285216 Joao Sousa of Portugal reacts during his round one men’s singles match against Guido Pella of Argentina on day two of the Australian Open Grand Slam tennis tournament in Melbourne, Australia, 15 January 2019. EPA/MAST IRHAM / Tennis Australian Open 2019 / EPA / MAST IRHAM / epa07285216 / AUSTRALIA TENNIS AUSTRALIAN OPEN GRAND SLAM / TENNIS / MELBOURNE

João Sousa, número um português, contraiu recentemente uma entorse no pé esquerdo que o obrigou a adiar o dia da viagem para Auckland, na Nova Zelândia, onde vai iniciar a época de 2020, esta semana. No entanto, a pequena lesão do número 59 do ranking mundial já foi analisada pelo fisioterapeuta da ATP e a recuperação está a ser feita normalmente, para depois competir “na segunda ou terça-feira”.

“São situações que acontecem. O João sofreu uma pequena entorse no dia da partida para Auckland. Resolvemos vir um dia mais tarde para termos garantias, após realizar uma ecografia em Barcelona, de que poderíamos competir e ter a cabeça mais tranquila também. Além disso, sabíamos que o pé devia inchar devido à pressão no avião. Achámos melhor dar mais 24 horas de descanso para fazer a ecografia e a viagem”, começou por contar o treinador do vimaranense, Frederico Marques, ao ‘Bola Amarela’.

“Hoje [domingo] treinaremos ténis e segunda ou terça-feira vamos competir. São situações que acontecem a todos os desportistas, estamos muito motivados para começar a época, começar a competir e chegar o mais rapidamente às vitórias. Os atletas vivem das vitórias diárias e dos torneios”, sublinhou o técnico português, à procura do primeiro triunfo do ano no torneio de categoria 250 da ATP.

Recorde-se que João Sousa vai defrontar um jogador oriundo da fase de qualificação na primeira ronda da prova. Em caso de vitória, tem pela frente nos oitavos de final o canadiano Denis Shapovalov, segundo cabeça de série e número 14 da classificação ATP.

Pedro Almeida
Jornalista - licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade Autónoma de Lisboa - e amante de ténis desde sempre e para sempre.