João Sousa explica reviravolta: «Sentia que o meu nível estava superior ao dele»

João Sousa explica reviravolta: «Sentia que o meu nível estava superior ao dele»

Por Bola Amarela - janeiro 12, 2022

João Sousa está a um passo de entrar no quadro principal do Australian Open, depois de somar mais um triunfo em Melbourne Park. O número 140 do ranking ATP exibiu-se a bom nível para dar a volta ao duelo com Marc Polmans e, no final, mostrou-se satisfeito pelo nível apresentado que permitiu consumar a cambalhota no marcador contra um tenista da casa.

“Estou muito contente com esta vitória. A verdade é que não comecei da melhor forma. Independentemente disso, acho que, apesar de ter perdido, sentia que o meu nível estava a ser um bocadinho superior ao dele. Tive algumas oportunidades para fazer break no primeiro set, não o consegui e ele depois teve um jogo muito bom de resposta em que conseguiu fazer o break. O primeiro set caiu para o lado dele, mas eu estava consciente de que podia ainda jogar um bocadinho melhor e a um bom nível podia ter chances para vencer”, começou por afirmar o vimaranense de 32 anos.

Tudo mudou daí para a frente, com um pneu a virar a história do encontro para o melhor tenista português de todos os tempos. A verdade é que no segundo set consegui virar esse resultado, joguei muito bem. Foi um segundo set de sentido único. E depois o terceiro set em que as coisas foram mais igualadas obviamente. Ambos jogámos a um bom nível. No final consegui fazer um break que acabou por decidir o encontro. Acho que fiz um bom jogo, com bom nível e fico muito contente por mais uma vitória aqui num Grand Slam”destacou.

João Sousa vai agora medir forças com o moldavo Radu Albot (123.º ATP) e o objetivo é bem claro. É um torneio em que todos os jogadores querem jogar bem, é um torneio importante para todos. Estou muito contente por estar já na terceira ronda. Agora é descansar e recuperar bem para tentar vencer o próximo encontro”, rematou.

Bola Amarela