João Sousa entra em 2020 com uma derrota em Auckland

Por José Morgado - janeiro 14, 2020
João-Sousa-Davis
epa07841664 Joao Sousa of Portugal reacts during the Davis Cup Europe/Africa Group I first round tie between Belarus and Portugal against Egor Gerasimov of Belarus in Minsk, Belarus, 14 September 2019. EPA/TATYANA ZENKOVICH / Davis Cup – Belarus vs Portugal / EPA / TATYANA ZENKOVICH / epa07841664 / BELARUS TENNIS DAVIS CUP / TENNIS / MINSK

João Sousa, número um nacional e 58.º colocado do ranking ATP, foi eliminado esta terça-feira ao início do dia na primeira ronda do ATP 250 de Auckland, na Nova Zelândia, começando assim a sua temporada de 2020 a perder no circuito mundial.

O vimaranense apresentou-se longe do seu melhor nível e acabou derrotado pelo canadiano Vasek Pospisil, qualifier que ocupa o 148.º posto do ranking ATP, por 6-3 e 6-2, num encontro resolvido em pouco mais de uma hora, mas que esteve interrompido durante largas horas devido à chuva que foi caindo durante o dia na Nova Zelândia.

Sousa até entrou bem, fez o primeiro break do encontro, mas depois mostrou algumas dificuldades detonando evidente falta de ritmo, não só relacionada com o início de temporada, mas também por causa da lesão no pé esquerdo que o impediu de treinar em condições nos últimos dias.

João ainda vai competir no quadro de pares, ao lado de Leonardo Mayer, antes de seguir para Melbourne, onde vai disputar o Australian Open.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.