João Lagos explica wildcard a Oliveira: “Rocha tem maior probabilidade de se qualificar”

Por admin - 14 setembro, 2017

Diogo Rocha é o atleta português melhor classificado no ranking mundial, figurando na 64ª posição, é número um nacional mas, contrariando a lógica, não foi o destinatário do wild-card para o quadro principal do Portugal Padel Masters, um dos quatro torneios mais importantes do World Padel Tour. Miguel Oliveira foi o contemplado e João Lagos, diretor da prova que vai decorrer no Jamor, explica os motivos de tal decisão.

“A probabilidade de ter dois jogadores portugueses no quadro é maior entregando o wildcard a Miguel Oliveira, uma vez que o Diogo tem, mais do que qualquer outro, grandes possibilidades de vencer os encontros da prévia e qualificar-se, com já aconteceu mais que uma vez no passado”, avança Lagos, referindo-se aos quatro apuramentos do jogador natural do Porto, através das prévias, para a principal grelha de torneios de categoria Open e Masters do World Padel Tour.
Além de assegurar ter sido uma “decisão estratégica”, o diretor do Portugal Padel Masters mostra-se solidário com o desagrado de Diogo Rocha, partilhado nas redes sociais. “Quem não recebe wildcard fica triste, mas eu também fico triste por não ter mais wildcards para portugueses”, garante João Lagos, explicando que o objetivo passará ainda por proporcionar ao público mais dias com encontros disputados por representantes da armada nacional.
Uma vez efetuado o sorteio para a pré-prévia, a jogar-se este sábado e domingo no Indoor Padel Center, em Carnaxide, a fase de qualificação e o quadro principal, as 17 duplas com jogadores portugueses ficaram assim a conhecer os respetivos adversários.
E sendo Miguel Oliveira, para já, o único português no quadro principal, é igualmente quem terá logo na estreia o encontro mais complicado. Maximiliano Sanchéz e Matías Diaz, a quinta melhor dupla do mundo, serão os adversários de Oliveira e Lucas Silveira da Cunha na primeira ronda do evento português, num encontro marcado para quarta-feira, dia 20 de setembro, a partir das 20h.
Já Diogo Rocha e o seu parceiro espanhol Antonio Luque são cabeças-de-série da prévia e entram em ação na segunda-feira, dia 18, já no Jamor, frente a uma das duplas oriundas da pré-prévia, a ser disputada no Indoor Padel Center, onde vão jogar todos os restantes membros da armada nacional.
http://bolamarela.pt/padel/diogo-rocha-comenta-wildcard-do-portugal-padel-masters-cheguei-onde-cheguei-sem-favores-de-ninguem/
A principal competição do Portugal Padel Masters, reservada a uma grelha final de 32 duplas (27 primeiras do ranking às quais se junta o wild card e os quatro pares apurados na prévia), arranca na terça-feira, dia 19 de setembro, com encontros entre alguns dos melhores jogadores do padel mundial, como é o caso de Paquito Navarro e Sanyo Gutierrez, a dupla com mais títulos esta temporada (4), frente a José Diestro e Martín Piñero.
Também os “artistas” das palas Miguel Lamperti e Juani Mieres entram em pista na terça-feira, às 16h00, diante Ramiro Moyano e Maxi Gabriel; Belasteguin e Lima pisam o court principal do Jamor na quarta-feira num encontro marcado frente a Uri Botello e Javier Ruiz.