Isner vai sair do top 30 quase 10 anos depois e Fritz será novo número 1 americano apesar de também ter perdido

Isner vai sair do top 30 quase 10 anos depois e Fritz será novo número 1 americano apesar de também ter perdido

Por José Morgado - março 30, 2021
isner

John Isner, campeão do ATP Masters 1000 de Miami em 2018 e finalista derrotado (por Roger Federer) em 2019, foi derrotado esta terça-feira nos oitavos-de-final da edição de 2021 do torneio norte-americano, diante do espanhol Roberto Bautista Agut, numa intensa batalha em que o rival triunfou por 6-3, 4-6 e 7-6(7), depois de salvar um match point no tie-break decisivo.

O norte-americano de 35 anos, atualmente no 28.º lugar do ranking ATP, vai cair para fora do top 30 pela primeira vez desde agosto de 2011, vendo assim terminada a maior série entre os tenistas em atividade logo após, claro, Rafael Nadal, Novak Djokovic e Roger Federer. Isner perderá também o estatuto de número um do seu país para Taylor Fritz, que agora é o único top 30 ATP dos Estados Unidos, naquele que é o pior momento da história do ténis masculino norte-americano.

Fritz, aliás, também foi eliminado esta terça-feira nos ‘oitavos’ de Miami diante do cazaque Alexander Bublik por 6-7(5), 6-3 e 6-4, mas deverá reentrar no top 30 mundial (em princípio para o 29.º posto).

 

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.