Isner arrasa ATP: «Olhem bem para a NBA, o ténis é atormentado por conflitos de interesse falta de transparência»

Isner arrasa ATP: «Olhem bem para a NBA, o ténis é atormentado por conflitos de interesse falta de transparência»

Por José Morgado - fevereiro 25, 2021
isner

John Isner, melhor tenista norte-americano da última década (em singulares masculinos) utilizou esta quarta-feira as suas redes sociais para criticar fortemente o ATP Tour, na sequência do anúncio de que o ATP Masters 1000 de Miami vai ter cortes muito significativos no prize-money atribuído para a edição de 2021 face aquilo que aconteceu na última edição da prova, em 2019.

“O ATP é um sistema quebrado. Jogadores e torneios como ‘parceiros’ precisam de trabalhar juntos, mas cortar 60% no prize-money e 80% nos campeões num dos nossos maiores eventos que vai ter TV, dados, patrocínios e a recente receita aprovada de apostas desportivas não é parceria para ninguém. Que tal uma auditoria para avaliar quanto dinheiro é que realmente os torneios estão a perder com a ausência de público?”, questionou Isner, que vai mais longe. “O ténis é gerido de forma imatura. Vejam bem como a faz a NBA, PGA, NFL. Não comparando a receita/popularidade dessas modalidades, mas dêem uma olhada na sua estrutura, representação de talentos e modelos de percentagem de receita. O ténis é atormentado por conflitos de interesse e falta de transparência.”

Isner prosseguiu o seu ataque aos promotores e organizadores de eventos. “Têm ativos que exploram por tempo infinito. Nós, jogadores, temos pouco tempo para maximizar e potenciar os nossos talentos e qualidades. É um sistema quebrado. Os jogadores levam com cortes de 60 e 80 por cento, enquanto os executivos do ATP mantêm os seus salários completos. Parece-me um pouco hipócrita, não acham?”.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.