Isner após derrotar Rublev: «Não fui o melhor jogador em campo»

Isner após derrotar Rublev: «Não fui o melhor jogador em campo»

Por José Morgado - maio 7, 2021
isner

John Isner reencontrou esta semana a sua forma em Madrid ao qualificar-se para os quartos-de-final do ATP Masters 1000 espanhol pela terceira vez na carreira. O norte-americano ganhou menos 13 pontos do que o seu adversário dos oitavos-de-final, o russo Andrey Rublev, mas os 29 ases que disparou ajudaram-no a alcançar a sua melhor vitória dos últimos anos. No final… foi honesto.

“Não fui o melhor jogador em campo. Mas estou muito feliz por vencer. Há dias assim e hoje consegui que o meu serviço me ajudasse a ser feliz”, reconheceu o norte-americano de 36 anos, que recentemente saiu do top 30 mundial há fim de mais de 10 anos.

Isner está surpreendido com a sua semana em Madrid. “Estou muito surpreendido por chegar aqui aos quartos-de-final. Tenho competido pouco e ainda menos em terra batida. Não é a primeira vez que chego aos quartos-de-final aqui, mas este resultado surpreende-me bastante”, reconheceu o norte-americano de 2,10m.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.