Henman: «É incrível ver a vontade que Federer tem de voltar a jogar aos 39 anos»

Henman: «É incrível ver a vontade que Federer tem de voltar a jogar aos 39 anos»

Por Tiago Ferraz - novembro 12, 2020
federer-direita

O antigo número quatro mundial Tim Henman fez a projeção daquilo que vai ser o regresso de Roger Federer à competição em 2021.

“Esperemos que a recuperação de Roger Federer esteja a correr bem e que ele consiga surgir a um excelente nível no Australian Open. Ele quer competir ao mais alto nível e os adversários não vão ter ‘prendas’ da sua parte. Não vai dar nada de borla. Para competir ao mais alto nível acho que vai ser um grande desafio para ele, mas acho que esta vontade de voltar, aos 39 anos, é incrível!”, salientou.

Para Tim Henman será “fantástico” se Federer conseguir atingir todo o seu potencial novamente:

“Roger já ganhou tanto que ele acaba por não ter nada a provar. Ainda assim, ele quer continuar a competir e será fantástico para a modalidade se ele conseguir atingir o nível que ele próprio espera”, disse, citado pelo Tennis World.

Recorde-se que Roger Federer não compete a nível oficial desde o Australian Open de 2020 e desde então foi operado ao joelho por duas vezes sendo que a sua recuperação não correu tão bem como ele próprio estaria à espera. Ainda assim, Federer já regressou aos treinos e o regresso aos grandes palcos será, ao que tudo indica, já na edição de 2021 do Grand Slam australiano

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.