Halep viaja sozinha nos próximos meses: «Preciso de descontrair»

Por Bola Amarela - 6 janeiro, 2019

Simona Halep vai estar por sua conta nos próximos meses. Terminada a relação profissional com o conceituado técnico australiano Darren Cahill, a número um mundial prepara-se para enfrentar os próximos torneios sem treinador, dizendo-se tranquila quanto ao que estiver para vir.

A questão é que eu não quero treinador nos próximos três, quatro meses”, disse a romena de 27 anos ao site da WTA. “Não estou preocupada com isso, quero apenas aproveitar e ver como as coisas correm sozinha”, acrescentou Halep, que teve a melhor temporada da sua carreira em 2018, vencendo o seu primeiro Grand Slam, em Roland Garros, e terminando como número um do mundo pelo segundo ano consecutivo.

Halep assume que precisa de descomprimir da pressão vivida nos últimos anos. “Só quero relaxar. Tive pressão suficiente nos últimos anos. Não me quero comprometer com ninguém neste momento, porque quando contratamos um treinador tem de haver comprometimento e temos de fazer o que é melhor para ele e para a equipa”.

Por isso, preciso de descontrair durante alguns meses, algumas semanas, porque o último ano foi muito duro emocionalmente. Esta é a minha decisão, não sei se será a melhor, mas estou disposta a correr o risco”, sublinhou Halep.

“A minha vida não é apenas ténis. Preciso de aproveitar mais, de ser feliz. Sempre fui, mas sinto que estou mais descontraída e preciso de aproveitar outras coisas”, reiterou a número um mundial.