Há 27 anos, Pete Sampras chegava à liderança do ranking pela primeira vez

Há 27 anos, Pete Sampras chegava à liderança do ranking pela primeira vez

Por José Morgado - abril 12, 2020
sampras

Pete Sampras nasceu em Washington DC em agosto de 1971 e é unanimemente considerado um dos melhores jogadores de todos os tempos. Pistol Pete, que dominou o ténis durante boa parte dos anos 1990, ‘celebra’ neste domingo de Páscoa o 27.º aniversário da sua primeira subida à liderança do ranking mundial, fechada a 12 de abril de 1993.

Na altura, o miúdo da capital, então com 21 anos, tinha apenas conquistado um título de Grand Slam (US Open em 1990, que ganhou com apenas 19 anos e de forma algo surpreendente), mas havia acabado de vencer o ATP Masters 1000 de Miami pela primeira vez para ultrapassar o compatriota Jim Courier no topo da hierarquia.

sampras-1

Suspeitava-se que aquela seria a primeira de muitas semanas de Sampras no topo do ranking mundial e essas previsões confirmaram-se: 286 segundas-feiras no topo da classificação ATP (quarto melhor da história), 14 títulos de Grand Slam (segundo) — dois recordes que detinha quando se retirou –, 77,4 por cento de vitórias e 64 títulos de singulares, que eternizam o seu nome na história do ténis.

Quando se retirou — o seu último encontro foi a final (ganha!) do US Open em setembro de 2002 (mas só oficializou um ano depois) –, poucos imaginariam que menos de duas décadas depois já outros três super-campeões tivessem mais títulos de Grand Slam do que ele. Roger Federer ultrapassou o seu número de Grand Slams em 2009 e as suas semanas no topo ATP em 2012. Rafael Nadal chegou aos 15 Majors em 2017 e Novak Djokovic atingiu esse número em 2018. O sérvio está também a quatro semanas de atingir as semanas de sampras no topo.

Há, num entanto, um recorde que o norte-americano ainda tem: seis temporadas fechadas no topo do ranking ATP (Federer, Nadal, Djokovic têm cinco). Mais impressionante e difícil de bater ainda? É que foram todas seguidas, entre 1993 e 1998!

 

 

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.