Goffin revela o encontro da sua carreira que nunca vai esquecer

Goffin revela o encontro da sua carreira que nunca vai esquecer

Por Tiago Ferraz - novembro 3, 2020
goffin

O tenista belga David Goffin deu uma conferência de imprensa prévia à participação no ATP Masters 1000 de Paris onde falou de vários temas e onde revela um encontro inesquecível para si.

“O melhor encontro foi em Monte Carlo numa vitória diante de Novak Djokovic em 2017 (nos quartos-de-final). Foi um grande encontro e estava um ambiente incrível no court central. Estava a jogar muito bem e consegui um resultado brilhante. Acabei por perder apenas nas meias-finais perante Rafael Nadal. Este é uma das minhas melhores recordações na minha carreira”, salientou.

David Goffin fala ainda daquilo que considera ser o mais complicado de ultrapassar nos torneios de categoria Masters 1000:

“Nestes torneios estão os melhores tenistas do mundo, desde a primeira ronda até à final. Há sempre um adversário difícil e, nesse sentido, tens que estar muito concentrado desde o início. É muito complicado porque há muitos encontros, por vezes chegam a ser seis ou sete numa semana e isso pode ser muito duro a nível físico sobretudo quando, nas últimas rondas, jogas com Federer, Nadal ou Djokovic. É muito difícil porque tens que estar sempre alerta tanto física como mentalmente”, afirmou, citado pelo Punto de Break.

Recorde-se que David Goffin acabou por ser eliminado, já durante esta terça-feira, na estreia na edição de 2020 do ATP Masters 1000 de Paris com grande dose de surpresa.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.