Goffin: «Foi difícil ver Wimbledon pela televisão…»

Por admin - 23 agosto, 2017

Foi um David Goffin feliz por voltar à competição aquele que se apresentou em entrevista ao site oficial do US Open. O belga analisou a forma como chega ao Grand Slam norte-americano, isto depois de ter falhado Wimbledon devido a uma lesão contraída em Roland Garros.

“Sinto-me muito bem fisicamente. Depois da minha lesão, passei muito tempo em casa a ver ténis e foi difícil ver todos os jogadores a competir em Roland Garros e depois em Wimbledon. Agora estou feliz por estar de volta aos courts. É uma grande sensação voltar a ver os meus companheiros e amigos”, constata Goffin que não esconde a tristeza por ter falhado a edição deste ano do torneio de Wimbledon.

“É sempre difícil quando perdes um Grand Slam, especialmente Wimbledon. É um dos meus torneios preferidos, por isso fiquei bastante dececionado quando soube que o ia falhar devido a lesão”, revela, antes de evidenciar o quão motivado está para o resto da temporada. “Passei muito tempo com a minha família e deu para descansar um pouco. Agora estou fresco física e mentalmente e muito motivado para estar bem no que falta da época”.

Por fim, Goffin não deixou de fazer uma avaliação do que tem sido esta temporada para ele. “Comecei bem o ano. Fiz final em Sofia, depois dos quartos-de-final na Austrália. Depois joguei a final do ATP 500 de Roterdão. Estes grandes resultados serviram para entrar novamente no top-10. Foi um grande momento para mim porque agora sei lidar melhor com a pressão quando entro em court. Agora jogo mais tranquilo e tento jogar o melhor que posso para alcançar os meus objetivos”.