Garin explica desistência frente a Wild: «O médico disse para não jogar mas fui na mesma»

Garin explica desistência frente a Wild: «O médico disse para não jogar mas fui na mesma»

Por Nuno Chaves - fevereiro 29, 2020
garin-santiago

Thiago Wild qualificou-se esta sexta-feira para as primeiras meias-finais de um torneio ATP da carreira, ao beneficiar da desistência de Cristian Garin, em Santiago, que se ressentiu de uma lesão nas costas.

O chileno, a nova referência do ténis do Chile, explicou aos jornalistas o porquê de ter abandonado o encontro. “Já tinha dores nos últimos dias. Na quinta-feira acabei muito tarde o jogo com o Davidovich e esta sexta-feira fui fazer um reconhecimento médico e disseram-me que tinha uma inflamação na zona lombar”, confessou.

Garin até admitiu mesmo… ter jogado sem aprovação. “O médico disse-me para não jogar e descansar, mas não fiz isso e quis jogar. Quando vi que não conseguia jogar o meu ténis decidi retirar-me”, explicou o número 18 mundial que vinha de dez vitórias seguidas e de dois títulos consecutivos.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.